O pecado tem outro nome?

domingo, 16 de janeiro de 2011

| | | 0 comentários
Concórdia, 16 de Janeiro de 2011.

Hoje, ao fazer meu devocional li um texto que me chamou muito a atenção e diz uma grande verdade sobre atitudes que nós cristãos infelizmente temos.Pecamos e encobrimos o pecado.... o chamamos de um nome bonito, apenas para amenizar nossa infeliz atitude, atitude essa que é reprovada por Deus e assim nos acostumamos e acomodamos com ele, olhamos para o pecado como algo normal e comum, e começamos a nos acomodar em nosso relacionamento com Deus, porque nossos pecados já não são tão ofensivos aos nossos olhos e assim nos afastamos do Senhor, e nos afastamos e continuamos a nos afastar e então não temos mais um relacionamento com Deus, apenas dizemos que somos cristãos, e que cristãos? E o nosso testemunho de vida?
Todos pecamos, não somos perfeitos, mas precisamos reconhecer estes pecados e nos arrepender e os confessar ao Senhor e cuidar para que não o cometamos novamente! Como cristãos devemos viver pelo Espírito Santo e de modo nenhum os desejos da carne serão satisfeitos!

Bruna C. Cunha

Segue abaixo o texto retirado do Diário de Oração - Nosso Andar Diário das Publicações RBC:

 Imagem retirada do site: www.grandesmensagens.com.br

O pecado tem nome?

" Como, pois, cometeria eu tamanha maldade e pecaria contra Deus? " Gênesis 39:9

Certo dia, José encontrou-se em situação difícil quando a esposa de seu senhor tentou seduzi-lo.Como esta mulher deve ter sido atraente para um jovem cheio de saúde! E José deve ter imaginado como seria temível a ira desta mulher, quando ele rejeitasse suas propostas.
Todavia José resistiu-lhe, sem hesitar. Suas convicções morais se originaram da clara visão que ele tinha do pecado e de sua reverência por Deus. Ele lhe disse:"[...] como, pois, cometeria eu tamanha maldade e pecaria contra Deus? (Gênesis 39:9).
Hoje é muito comum dar nomes mas aceitáveis ao pecado. Mas utilizar-se deste subterfúgio ou eufemismo para nomear nossos pecados contra Deus, apenas enfraquecerão nossas resistências e banalizarão os danos que os pecados causam em nós.
Para José, o pecado não era apenas " um erro de julgamento". Nem tampouco era um simples "escorregão da língua" ou uma "indriscrição" em "momento de fraqueza". José viu o pecado como ele realmente é: uma séria ofensa contra o Senhor, e ele não subestimou a gravidade do pecado.
Os padrões morais de Deus são absolutos. Somente quando o pecado for visto como algo abominável diante do Senhor teremos a motivação para fazer julgamentos morais corretos.
Dar ao pecado um nome mais suave não mudará a afronta a Deus nem as consequências que nos trarão. - CPH

" Não há desculpa que desculpe o pecado."

2 Crônicas 7:14

quinta-feira, 19 de agosto de 2010

| | | 0 comentários
“Se o meu povo, que se chama pelo meu nome, se humilhar e orar, buscar a minha face e se afastar dos seus maus caminhos, dos céus o ouvirei, perdoarei o seu pecado e curarei a sua terra.”
2 Crônicas 7:14


Muitas vezes reclamamos da vida que temos, das coisas que temos ou que não temos, queremos sempre mais, queremos amigos melhores, queremos que o vizinho aceite a Jesus, queremos que nossos filhos se voltem a Deus, mas apenas reclamamos e brigamos com Deus, insistindo no fato das coisas não acontecerem e O questionamos,e falamos, mas Senhor, porque?Porque isso?

Este versículo deixa claro para nós que, devemos nos humilhar diante de Deus e orar, devemos buscar a Sua face e nos afastar dos maus caminhos, das vontades da carne, então o Senhor Deus, misericordioso, Deus de amor e paciência, nos ouvirá, nos perdoará e sarará a nossa terra.

Estamos fazendo isso? Ou estamos apenas reclamando e reivindicando nossos direitos a Deus?

Nós somos o povo de Deus e precisamos nos humilhar constantemente na presença Dele, precisamos orar e suplicar diariamente a Deus, a oração é uma ferramenta importantíssima e fortíssima que muitas vezes descartamos e apenas esperamos que Deus faça alguma coisa!Que Ele apenas leia nosso pensamento e em um passe de mágica realize aquilo que pedimos!


Ele sabe exatamente o que pensamos o que queremos, e o que está em nosso coração! Mas Ele quer que nós como filhos, nos humilhemos perante Ele, exaltando Seu nome e sua majestade e que nos derramemos em Sua presença, compartilhando com Ele nossas vontades, nossos desejos, nossos planos e mais que supliquemos por aqueles que não têm a Cristo como seu Senhor e Salvador, precisamos orar pela nossa nação, pelas autoridades, pelos pastores, pelos líderes então o Senhor nos ouvirá e sarará esta terra!Mas não apenas isso, Ele quer que o busquemos de todo o coração, que nos afastemos dos maus caminhos deste mundo!


Perdoar sim!

terça-feira, 17 de agosto de 2010

| | | 0 comentários

Gandhi certa vez disse: “O fraco jamais perdoa: o perdão é uma das características do forte.”

Em uma sociedade de idéias e valores capitalistas certamente esta frase é questionada e até combatida. Vivemos, ainda que subjetivamente, na era do olho por olho e dente por dente. Pena que em terra onde persiste essa justiça se encontram muitos cegos e vários banguelas.
É muito comum em nossos dias encontrarmos pessoas amarguradas, rancorosas, doentes em seu íntimo, machucadas por atitudes ou palavras. Nós nos reservamos o direito de não perdoar aqueles que nos feriram e em muitas situações entendemos que devemos até revidar.

A falta de perdão faz com que o ser humano fique doente em todas as esferas de sua vida. Espiritualmente, pois o rancor e a mágoa encobrem o amor e a bondade de Deus. Emocionalmente porque ficamos remoendo dentro de nosso coração um sentimento que faz com que nos afastemos das pessoas que amamos. Fisicamente prejudica nosso sistema imunológico, nos deixando assim mais propícios a inúmeras doenças.

Alguém disse certa vez que o perdão é dádiva de Deus para o crescimento humano, é o bálsamo divino na ferida da carne, a mão de Deus no coração do homem.

Perdoar é muito mais do que lançar palavras ao ar, é arrancar a dor e a sujeira do coração, liberando o amor que cura e restaura o que está estragado. O perdão é doloroso, mas libertador. Aqueles que não perdoam estão presos a pedras que jamais poderão carregar.


O maior exemplo de perdão é o que Deus nos deu através de seu filho Jesus Cristo. O ser humano estava afastado daquele que o criou, vivendo no pecado, longe do Senhor, mas Deus olhou para nós e com seu amor quis nos perdoar.

Deus não mediu esforços para nos perdoar, diante disso me pergunto como podemos nos dar ao luxo de não perdoar aqueles que erram conosco, quando nós, não merecendo o perdão fomos perdoados?
“Porque Deus tanto amou o mundo que deu o seu único Filho para que todo o que nele crer não pereça, mas tenha a vida eterna.” Jo.3.16

Buraco da Alma.

sexta-feira, 13 de agosto de 2010

| | | 0 comentários
É muito comum encontrarmos pessoas que dizem ter saído ou ainda estarem no fundo do poço, que consideram a derrota financeira e emocional como sendo o fim, o buraco mais profundo.

Do que às vezes nos esquecemos é que o buraco mais profundo e escuro não é o que vemos com nossos olhos, mas sim o que se encontra em nossa alma quando não sabemos quem somos.

Muitas pessoas depositam todos os seus esforços dedicando-se a coisas passageiras que nunca poderão falar realmente quem elas são e por isso quando sofrem decepções consideram-se no fundo do poço, imaginando que tudo está perdido, que não há mais solução e sofrem enclausuradas, sozinhas.

Muitas delas vivem uma busca desenfreada tentando encontrar algo que as tirem do buraco e que lhes de um sentido para a vida, nessa busca seguem filosofias humanas e conselhos de cegos que não podem guiar-se . Ao fim descobrem que nada disso ajuda e que apenas perderam tempo, um tempo precioso que não voltará mais.

Precisamos encurtar esse tempo e entender que o único capaz de nos dar as respostas e nos tirar no profundo buraco é Jesus!

Ele não ensinou uma filosofia distante e complexa, não, Ele veio a nós e nos apresentou um estilo de vida. Não nos impôs peso e nem jugo, mas nos estendeu a mão, desceu ao nosso buraco e nos resgatou.

“Não se perturbe o coração de vocês. Creiam em Deus, creiam também em mim.” Jo.14.1

Apenas Jesus é o caminho a verdade e a vida.
video